quarta-feira, 2 de setembro de 2009

Os profetas descrevem a vinda do nosso salvador

Os profetas descrevem a vinda do Salvador

Depois de 40 anos no deserto, finalmente os israelitas - hoje também chamados de judeus - entraram em Canaã, a terra prometida. Infelizmente, os moradores de Canaã não aceitaram Jeová como Deus, e lutaram contra os filhos de Israel. Deus, no entanto, protegeu os judeus enquanto tomavam posse da terra prometida a Abraão, a Isaque e a Jacó.


Deus mandou que os sacerdotes se encarregassem dos sacrifícios de animais e que liderassem os cultos. Uma vez por ano, o sumo sacerdote escolhido colocava-se atrás da cortina sagrada, que separava o povo da santa presença de Deus. Ali, o sacerdote intercedia pela a nação junto a Deus.
Depois de muitos anos, os israelitas coroaram um rei chamado Davi. Foi Deus quem escolheu Davi, e o chamou de "um homem de acordo com o meu coração".
O Senhor falava com o povo por meio de Davi e de outros homens dedicados, conhecidos como “profetas”. Quando os israelitas pecavam, o Senhor falava contra eles por meio dos profetas, avisando que se não se arrependessem, ele permitiria que outra nação governasse a terra deles.

Apesar de todos os avisos, os israelitas desobedeceram a Deus e rebelaram-se, rejeitando suas leis e matando os profetas que testemunhavam contra eles.
Finalmente, depois de 800 anos de rebeldia, os israelitas foram arrancados de sua própria terra e tornaram-se escravos na Assíria e na Babilônia.
Deus, no entanto, continuou a falar por intermédio dos profetas durante o cativeiro dos judeus. Algumas mensagens eram de arrependimento e outras eram profecias sobre o Salvador que resgataria a humanidade pecadora.
O profeta Miquéias previu até mesmo a cidade onde o Salvador nasceria, e descreveu sua natureza eterna dizendo: "De Belém virá aquele que governará Israel. Ele vive desde a antigüidade e viverá para sempre".

Deus também revelou que o Salvador seria um descendente do rei Davi. Por meio do profeta Malaquias, o Senhor descreveu um mensageiro especial que anunciaria a vinda do Salvador e prepararia o povo para recebê-lo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário